SP: (11) 3192-7701 | RJ: (21) 3190-1990 | DF: (61) 4042-7091 | BH: (31) 3254-9992

PAINEL COM GUSTAVO RABELO ABORDOU A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO SERVIÇO PÚBLICO

Realizado na última segunda-feira (6), o 5×5 Tec Summit reuniu grandes profissionais para discutirem o que foi feito e o que ainda precisa ser melhorado no setor.

De forma 100% virtual, o primeiro dia do evento mostrou a força da tecnologia nos setores públicos, provando que essa ferramenta está permitindo que serviços indispensáveis estejam cada vez mais próximos dos cidadãos, como explicou Ana Paula Lobo, uma das mediadoras do 5×5 Tec Summit 2021: “Discutir a administração pública e a transformação digital é algo muito importante para o presente e futuro. Nós sabemos que muita coisa já foi feita até aqui, mas ainda precisamos fazer mais. A nuvem está permitindo que possamos levar serviços melhores aos cidadãos e isso precisa ser cada vez mais comum”.

Abrindo o debate, o Ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União, utilizou alguns slides para mostrar como o órgão acompanha o processo de transformação digital do governo e aproveitou para explicar a importância do evento para o mercado: “Estar presente em um evento desse porte é uma satisfação muito grande. Participo com muita dedicação, pois sei que tenho um momento muito especial em minha vida pública para poder ampliar o meu aprendizado e compartilhar o meu conhecimento. O TCU possui uma função pedagógica para a administração pública, o que nos levou a assumir, desde 2015, a responsabilidade por estimular a transformação digital no setor público. Por isso, criamos o programa Brasil 100% digital, graças a parceria com o governo federal. De lá pra cá, a iniciativa foi mantida e ampliada, gerando resultados expressivos”.

O ministro ainda aproveitou a oportunidade para apresentar uma pesquisa realizada nos últimos meses, em que o Brasil foi reconhecido pelo banco mundial como o 7º líder em governo digital entre 198 países, superando até mesmo os Estados Unidos. Mesmo assim, Aroldo Cedraz afirmou que, mesmo com os avanços, ainda existem pontos que necessitam de certa atenção. Segundo ele, o principal ponto é que o esforço de digitalização foi concentrado no serviço de atendimento direto ao cidadão sem investimentos de mesma monta nos processos de trabalho que dão suporte a tais serviços. “A verdadeira transformação digital de um país vai muito além da digitalização de serviços. A cada 2 anos, a evolução das nações depende de outros 2 fatores igualmente importantes que infelizmente têm sido negligenciados no nosso país: a infraestrutura de acesso ao serviço e os investimentos em capacitação da sociedade”, finalizou.

Em seguida, Gustavo Rabelo entrou para deixar a sua contribuição, mas antes também explicou a importância de ter um painel com presenças tão relevantes: “Ter um encontro desses com o ministro Aroldo mostra que estamos no caminho certo. A materialização do que vem acontecendo nessa agenda governamental é a gente ter aqui o ministro fazendo uma apresentação e tecendo comentários valiosos. Isso mostra o quanto a agenda de T.I. saiu dos subterrâneos e passou para o protagonismo. A gente saiu de uma interlocução técnica para poder falar horizontalmente com qualquer pauta”.

O CEO da Extreme Digital ainda comentou sobre a experiência de trabalhar lado a lado com o governo nos últimos 6 meses. Segundo ele, tem sido uma experiência fantástica atuar nesse provimento de serviço que é como uma quebra de paradigma. “Em pouco tempo, dezenas de órgãos já estão aderentes a esse novo serviço, onde já é possível tangibilizar um retorno efetivo não só nos serviços que eles prestam, mas também em uma economia, numa migração de sistemas tradicionais para um ambiente em nuvem”.

Com quase 1 hora de duração, o painel levantou pontos importantes e cruciais para a correta digitalização dos segmentos de mercado, mostrando que muito do que foi feito foi mesmo fundamental para o desenvolvimento do setor, mas que muita coisa ainda precisa ser concluída daqui para frente. O encontro mostrou que é possível olhar para o futuro com certo positivismo, pois é cada vez mais nítido que estamos organizados dentro de um sistema de gestão e dentro de uma visão de um encaminhamento de onde a gente deve ir. E foi indo ao encontro dessa ideia que Gustavo Rabelo finalizou a sua participação.

“Quando olhamos um mercado se adequando e entendendo o momento que vivemos, falando de tecnologias totalmente adaptáveis para essa agenda nacional de modernização, não tem como não ficar empolgado e convicto de que estamos no caminho certo. Eu fico com o tom do otimismo, mas sabemos que ainda temos muito trabalho a fazer para conseguir chegar aonde queremos chegar como sociedade”. 

O 5×5 Tec Summit vai até o dia 10 de dezembro com debates pertinentes e imperdíveis. Acesse e saiba mais: https://www.5x5tecsummit.com.br/2021/index.html