SP: (11) 3192-7701 | RJ: (21) 3190-1990 | DF: (61) 3546-5087

EDS é destaque do ano no Anuário Informática Hoje 2018

A Extreme Digital Solutions conquistou o prêmio de Empresa Destaque do Ano no segmento Canais de Comercialização onde também aparece no ranking das 200 maiores empresas de TI do Brasil.

Há 33 anos analisando o desempenho econômico-financeiro das empresas que atuam no mercado brasileiro de tecnologia da informação, o Anuário Informática Hoje traz o ranking das 200 maiores empresas do setor de Tecnologia da Informação, supervisionados por professores da fundação Getúlio Vargas de São Paulo e apresentado por ordem de receita líquida e também o ranking das empresas multinacionais com escritório no Brasil.

Leia abaixo a matéria com a EDS publicada no Anuário:

A EDS inclui a casa conectada no portfólio

Projetos de Inteligência Artificial e cognitiva e serviços de migração para a computação em nuvem fizeram a Extreme Digital Solutions, especializada em consultoria, outsourcing e integração de sistemas, conquistar pela primeira vez o prêmio Destaque do Ano do Anuário Informática Hoje. Seu sucesso em 2017, quando obteve 12,2% de rentabilidade sobre as vendas, pode ser creditado à estratégia de expansão da cobertura nacional, com a criação de mais dois escritórios, um em São Paulo e outro em Brasília, e a ampliação do portfólio de produtos e serviços.

Por meio de vertical de inovação, ampliamos o escopo de serviços para novas tecnologias como computação e nuvem e Inteligência Artificial (IA) para o setor público e privado, o que alavancou nossos resultados”, conta o presidente da EDS, Márcio Moreira.

Em parceria com a IBM, implantou uma solução para a casa conectada e ecoeficiente da BASF, chamada de CasaE. Com a tecnologia de IA Watson, desenvolveu uma assistente cognitiva que funciona como interlocutora dos visitantes que fazem o tour pela residência digital, usando um aplicativo que reconhece sensores nos ambientes. O sistema cognitivo recebe perguntas, identifica intenções e processa informações, respondendo em linguagem natural as dúvidas sobre os produtos, além de questões como inovação e sustentabilidade.

Para os clientes SPPREV e PRODESP, a EDS desenvolveu uma solução de nuvem híbrida Oracle, usando o conceito de Cloud at Customer, juntando os ambientes de nuvem privada e pública. A equipe da EDS conseguiu, segundo Márcio, eliminar os problemas tradicionais de nuvem pública, integrando o novo ambiente com o legado, eliminando problemas de latência e segurança, além de cortar custos inerentes à construção de uma nuvem privada: “Outra vantagem é que a solução é vendida como serviço mensal e para o mercado privado tem opção de pagamento sob demanda”.

De acordo com o presidente da EDS, este é um momento de ruptura dos processos analógicos, com a escalada das soluções que envolvem robôs, impulsionadas pela redução de custos e possibilidade do aumento da capacidade produtiva, com máquinas que conversam com os clientes e sistemas que analisam grandes quantidades de dados em segundos: “Adquirimos um know how importante nessa área, permitindo uma revolução em diversos setores como atendimento ao público, segurança e logística”.

Conforme as demandas do mercado, a empresa cria times focados em determinadas áreas de inovação, para atender da melhor forma e no tempo certo os clientes acelerando novos negócios.

Entre os destaques de projetos para o setor público, está o desenvolvimento de um portal para o Tribunal da Justiça de Rondônia (TJ-RO), que reduz o tempo de navegação na busca de informações. Trata-se de um assistente cognitivo capaz de interagir por meio de texto e voz com o usuário, além de uma solução de pesquisa textual que auxilia na indexação no armazenamento e na recuperação de conteúdos digitais, como acórdãos, jurisprudência, diário da justiça, sentenças e peças processuais. Esse tipo de pesquisa cognitiva indica quais documentos mais se aproximam do interesse do usuário, ampliando a abrangência e selecionando resultados mais relevantes. “Com esse sistema, estima-se que a atividade dos assessores em pesquisa de jurisprudência seja reduzida em pelo menos um terço, colaborando para a eficiência e presteza da atividade judiciária”, diz Márcio.

Para a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), a EDS criou um canal de atendimento para o SESI/SENAI, que fornece aos administradores, estatísticas sobre as conversas. O assistente virtual é atualizado e treinado automaticamente para atender a demanda dos usuários, além de ser integrado ao ERP do cliente, que abastece o sistema com valores, cursos e horários atualizados, respondendo de forma natural e trazendo mais detalhes às respostas.

A EDS investe em treinamentos e atualizações de seus profissionais, desenvolvendo especialistas certificados e qualificados. No início de 2017, recebeu a certificação internacional CMMI Dev ML 3 para o processo de desenvolvimento de softwares e aplicativos, validando o nível de maturidade dos processos definidos e padronizados da empresa. E em 2018 conquistou o certificado corporativo de qualidade em serviços MPT.Br (Melhoria do Processo de Teste), atestando melhores práticas no desenvolvimento de software com foco nos testes. “O certificado assegura aos nossos clientes a maturidade, eficiência e qualidade em nossas entregas de produtos e serviços”, afirma Márcio.

A expectativa de negócios para 2018 e 2019, diz Márcio, é de crescimento, consolidando parcerias com clientes e fornecedores: “Estamos conversando com os fabricantes parceiros e novas marcas para aumentar o portfólio de produtos e serviços”.

Clique na imagem ao lado para ter acesso a versão digital do Anuário 2018 da Informática Hoje.

O Ranking das 200 maiores você encontra a partir da página 22 e a matéria com a EDS está disponível na página 90.

Boa leitura!